Login

Register

Login

Register

Tag: novidades

3
jun

Nossa casa, seu restaurante

JantaAnos atrás, antes das experiências gastronômicas virarem modinha, eu li sobre um casal de brasileiros que oferecia jantares fechados em sua casa ­­– em Paris. Imediatamente, me transportei para esse cenário desconhecido, imaginando como seria montar um negócio assim numa das maiores concentrações de chefs por metro quadrado. E confesso, também, que me deu uma curiosidade imensa de saber como tudo funcionava. Queria eu ter a coragem de abrir minha casa para pessoas desconhecidas, atraídas pela promessa de comer algo diferente.

E um dia lá fui eu para Paris, rumo ao Chez Nous Chez Vous. Ansiedade e expectativa estavam nas alturas. Fui a primeira a chegar, e os chefs Célia e Gustavo Mattos me receberam na sala do seu charmoso apartamento no 15o. arroundissement de Paris. Entre uma taça de espumante e outra, foram chegando todos os “convidados” da noite, mais dois casais e o sobrinho dos chefs, o Juliano, de passagem por Paris. Éramos todos brasileiros.

O menu do jantar é surpresa, e os próprios chefs vão servindo as criações que saem de uma cozinha superequipada. Já surpreendem no couvert. Para cada um dos convidados, o pãozinho acompanha uma manteiga aromatizada de flor de sal de diferentes partes do mundo (a minha era do rio Murray, na Austrália). Depois vem uma sequência de quatro pratos: creme de abóbora perfumado com pérolas de trufas; ovo perfeito com camarões; lombo de bacalhau ao molho de champanhe; confit de pato, cozido lentamente, a 60 graus, por 51 horas. Na França como os franceses e, claro, o cardápio incluiu uma seleção de queijos e ainda duas sobremesas.

Foi uma noite inesquecível. E talvez, também, o jantar mais caro da minha vida, considerando a cotação atual do euro. Com o rateio dos vinhos e espumantes entre todos, foram uns 200 euros (bem mais do que paguei, semanas depois, para almoçar num estrelado do Michelin). Então, um amigo me questionou: você pagou isso para comer num restaurante de brasileiros em Paris? Paguei e não me arrependo. Deixei os euros, mas levei risadas, sabores, alguns amigos e uma vontade imensa de fazer algo assim algum dia na vida.

 

5
abr

O primeiro passo dessa experiência gastronômica

Este é o texto de abertura do nosso blog e se você chegou até aqui, desde já merece nosso agradecimento. O projeto Wondercook está vivo e você já faz parte dele! Estamos muito felizes que esteja aqui. Ainda temos um mundo de coisas para melhorar, mas o site está aí, um sonho foi realizado e isso é muito especial para nós.

Como idealizadora do projeto, digo que é um alívio. É como uma porta cuja chave foi esculpida com cuidado por muitos meses e que finalmente colocamos na porta, que se abriu. Uau… do outro lado dela, está um mundo novo, cheio de opções saborosas, as quais finalmente temos acesso.

Quando a ideia surgiu, foi por que sempre gostei de cozinhar e à medida que ia evoluindo em minhas experiências gastronômicas, sentia falta de um lugar único na internet onde pudesse achar tudo que gosto: dicas, receitas, produtos criativos para usar na cozinha ou na mesa e outros que vão além dos utensílios. Um lugar que fosse simpático, com fotos lindas de pratos e ingredientes, ideias para preparar, decorar e receber. Até hoje, visitava mais de 20 sites para encontrar tudo isso.

Além disso, os sites de receitas, em sua maioria, não trazem as artimanhas do cozinheiro. A manteiga tem que ser em temperatura ambiente? Posso bater a clara junto com a gema? Afinal aqui só fala em colocar 2 ovos! Meu Deus, vai desandar… Quem gosta de cozinhar tem sempre muito a aprender e se aventurar não importa há quanto tempo cozinhe. Tem sempre uma nova possibilidade. Eu tenho vontade de conhecer todas. E você? Aqui vamos desvendar alguns segredinhos.

E quem não é muito de cozinhar mas gosta de comer, de conhecer as novidades dos chefs e modas da culinária atual? Tenho muitos amigos assim, que não cozinham, mas estão sempre me mandando novidades, links ou recomendando um restaurante ou um prato. “E quando você vai fazer de novo aquele risoto pra nós?” Adoro essa parte. Também tem espaço para vocês aqui, com livros, posters, camisetas e outras cositas.

Nosso blog também foi pensado para todos os gostos. Cada um dos nossos editores, possui uma especialidade diferente para compartilhar. Estarei sempre dividindo dicas e receitas testadas para vocês experimentarem. O Renato é “o cara” no que diz respeito a vinhos, cervejas e drinks, dá aulas sobre assunto na Associação Brasileira de Sommeliers (ABS-SP). A Paula é a nossa musa sem trigo que sabe tudo sobre o mundo glúten free e vai trazer isso pra gente. E a Débora é apaixonada por tecnologia e cozinha, estudou na The Cordon Bleu, enche a cozinha de “gadgets” funcionais e, claro que com essa ajudinha, ela cozinha super bem e vai trazer muita novidade. A toda essa gente talentosa eu agradeço muito por acreditarem e confiarem no projeto.

E ainda vamos ter muito mais. Com a sua ajuda, é claro. Sejam bem-vindos, espero que gostem e queremos sempre que nos ajudem a melhorar este lugar que também é seu. Não deixem de enviar comentários. Afinal aqui, estamos todos envolta da mesma mesa!