Login

Register

Login

Register

Tag: carnes

26
fev

A receita de rosbife mais fácil da sua vida

Uma das coisas que sempre tento manter nas minhas receitas é a facilidade e rapidez de preparar. É claro que para quem gosta de cozinhar, passar a tarde na cozinha preparando algo com carinho para quem você ama pode ser o melhor programa do mundo. Mas a verdade é que o tempo é curto, a gente sempre tem um montão de coisas pra fazer (que estão sempre atrasadas, claro) e parar um tempão para dedicar à cozinha, para muitas pessoas é um privilégio difícil de alcançar! Então estudo muito, testo muitas receitas – e produtos – para simplificá-las e assim poder fazer sempre. E essa aqui, de rosbife, é uma delas.

O principal segredinho aqui é o chimichurri, que é um mix de ervas de origem argentino, mas que você pode encontrar facilmente nas lojas de temperos. Eu compro sempre à granel na zona cerealista, em São Paulo – SP. É próprio para temperar carnes e já tem cebola, alho, orégano, tomilho entre outros sabores que vão dar o gostinh especial à sua carne.

Outra coisa legal desse rosbife é que essa é, entre as carnes vermelhas, uma das mais magras e mais baratas. Você acha em qualquer açougue. A única coisa é que, para que ela fique bem saborosa, o ideal é você deixar de um dia para o outro o tempero pegar na geladeira, então tem um pouquinho de planejamento aí. Mas é tudo rápido, muito rápido e com poucos ingredientes.

Ingredientes

Carne - Lagarto Limpo
Carne – Lagarto Limpo

– Uma peça de lagarto pequena (aprox. 1kg, também
funciona com filé mignon)
– 200 ml de vinho branco (ou tinto, também funciona)
– 2 colheres de sopa mostarda
– 2 colheres de sopa molho inglês
– 2 colheres de chá de sal
– 3 colheres de sopa de azeite
– 2 colheres de sopa de chimichurri

Como fazer

Um dia antes do consumo você deve preparar a marinada. Eu preparei na sexta à noite para comer no sábado hora do almoço, virando a carne de manhã cedo, para o tempero pegar bem dos dois lados. Coloque a carne já limpa em uma tigela grande. Acrescente o sal, o vinho, a mostarda, o molho inglês e o chimichurri e misture bem os temperos na carne. Cubra bem a tigela com papel filme e leve à geladeira.

Carne - Temperos
Temperos: chimichurri, sal marinho, mostarda e molho inglês

No dia seguinte, retire a carne da marinada e reserve o líquido. Aqueça o azeite em fogo alto numa panela de pressão e quando estiver bem quente, coloque a carne para selar dos dois lados até que a carne fique bem dourada por fora em todo o seu entorno. Acrescente o líquido da marinada e deixe reduzir até virar um molhinho. Eu deixei a carne mal passada por dentro, mas se quiser a carne mais rosada, acrescente meio copo de água junto, para atrasar a redução e cozinhar mais a carne por dentro. Retire a carne da panela, sirva em uma travessa e jogue o molho reduzido por cima.

Vc pode fatiar e comer quente, mas fria ela fica mais firme para cortar e vc consegue tiras mais finas. Use uma faca bem afiada ou a faca elétrica e sirva com batatas assadas ou como preferir. Eu servi com saladinha e purê de batata doce!

21
set

Let´s Churras

Estou feliz e animado em participar desse projeto. Com grande prazer espero contribuir com informações, dicas, receitas e tudo mais que envolve o mundo da grelha e do churrasco.

Trabalhei alguns anos ao lado de Marcos Bassi, e tive a sorte de aprender bastante sobre o mundo da carne e do churrasco. Mas o ensinamento mais importante que aprendi com o Marcos, serve tanto para a carne, quanto para qualquer tipo de alimento e até mesmo profissão. “A qualidade da carne ou do alimento é extremamente importante, mas o jeito que você trata e manuseia, esse deve ser único, isso é o que te faz diferente.

Imagino eu, que por esse motivo existam tantos churrasqueiros, cozinheiros, coqueteleiros, doceiros e etc. Os amadores apaixonados por culinária que estão entre nós. Aquele amigo que começa a comandar a grelha sem que ninguém peça. A amiga que vai escondida para a cozinha e de repente aparece com alguma surpresinha especial. O animado que sempre apresenta um drink diferente na hora certa.

Essas pessoas tem a incrível paixão de servir. A paixão de ver as pessoas felizes e satisfeitas com algo que lhes foi servido. Esse é um sentimento realmente bom.
São essas pessoas que um dia se aventuram a abrir restaurantes, bares, docerias e etc. Sentem a necessidade de colocar o que fazem de melhor, dentro da boca das pessoas, o que se torna maravilhoso para o mundo. Coisas boas feitas com paixão.

Eu sou esse cara do churrasco. Desde de pequeno comandei a churrasqueira ao lado do meu pai. Muito antes de trabalhar com o Bassi, eu já era o churrasqueiro da turma, aquele que começa à comandar a grelha sem que ninguém peça. Sou um apaixonado por churrasco. Faço sempre que posso, seja para amigos, esposa, família ou até mesmo sozinho. Todo aquele ritual me encanta, desde acender o fogo até cortar o primeiro naco de carne. Pode levar tempo e precisa ter paciência, mas não existe pressão, afinal, é um churrasco.

Eu reputo o churrasco como o evento gastronômico mais bacana que possa existir no mundo. Acho que é o único evento que você pode vestir bermuda e chinelo, independente de onde seja. Se você for convidado para um churrasco no Palácio de Buckingham, você pode aparecer de bermuda e chinelo. “Me disseram que era um churrasco!” Por isso que o churrasco é a refeição mais preparada no Brasil durante os finais de semana. Esse dado é meu, não vi no Data Folha, inventei agora e imagino que seja verdade, acho que tenho mais credibilidade que o Data Folha, não? É só parar para pensar e ver para quantos churrascos você foi convidado nos últimos tempos.

É o tipo de evento que não existe classe social, no final das contas, todo mundo faz e come churrasco. Um caminhoneiro assa carne dentro de uma roda de ferro na beira da estrada, assim como um milionário faz churrasco em alto mar no seu barco de 70 pés. Tirando vegetarianos, acho que nunca conheci uma pessoa que não gostasse de churrasco. Não é pra menos, afinal, churrasco é bom demais!

Let´s churras galera! Vamos assar muita carne, trocar ideias e boas experiências.

Um grande abraço

 

10
maio

O segredo dos temperos

Os temperos merecem um respeito enorme, pois além de sua existência secular, transformam a comida de uma maneira positiva, além de muitas vezes proporcionar saúde. 

Leia mais