Login

Register

Login

Register

Ilona Moysés

11
ago

Frutos do mar e um molho versátil de vinho branco

Essa receita eu diria que é um ás na manga, um coringa, super flex. Isso porque depois que você conhecer o mix básico, pode variar ps frutos do mar (pra quem não gosta de mariscos) ou o carboidrato, mas a essência permanece, fica bom demais e todas as variações vão combinar muito bem.

A versão da foto é com mariscos, mas você pode usar lula, polvo, camarão, vieiras e até lagosta. Ela também vai espaguete, mas você pode usar outra massa como o talharine ou o arroz de risoto.

O segredo é deixar os frutos do mar pouquinho tempo no fogo, por volta de 10 minutos para os que fiquem bem macios.

Mariscos ao molho de vinho branco.

Mariscos ao molho de vinho branco.

Você vai precisar de:

 

– 2 tomates italianos sem sementes, picados brunoise (cubos bem pequenos)
– 1 cebola média, picada brunoise
– 2 dentes de alho
– 150ml de vinho branco seco
– 1 colher de chá de páprica picante (se não tiver, pode ser a doce)
– sal e pimenta do reino a gosto

Cozinhe a massa apenas no sal de acordo com a embalagem tirando-a do fogo 5 minutos antes do ponto que você gosta. Se fizer o risoto, faça-o como de costume utilizando caldo de peixe ou vegetais e retire 5 minutos antes também.

Em uma frigideira larga, refogue a cebola até pouco antes de dourar, depois o alho e em seguida o tomate. Acrescente os frutos do mar lavados e bem escorridos e deixe refogar por 5 minutos, sem mexer muito.

Enquanto isso, salpique o sal, a pimenta do reino e a páprica. Acrescente o vinho branco, mexa e deixe mais 5 minutos. Desligue o fogo, acrescente a massa na mesma frigideira (ou o risoto), misture levemente com os frutos do mar e sirva em seguida.

O molho que se cria a partir do caldo tomate e do vinho junto com a páprica, dá cor e sabor ao prato, sem se sobressair aos frutos.

Fica delicioso e bem prático e rápido de fazer. Experimente, depois me conte.

 

 

Save

Save

2
jul

Sopa de beterraba

Sopa no frio é bom demais. Além de dar aquela esquentadinha no coração é super nutritiva, pois na maioria das vezes sua base são os vegetais. Já estamos acostumados com as famosas sopas de letrinhas, canja, caldo verde. Então para variar aqui vai uma receita bem fácil e muito saborosa: creme de beterraba.

A beterraba é uma raiz excelente. Com seu sabor adocicado, é rica em betalaína, que dá a cor intensa arroxeada e a torna um excelente antioxidante. É rica em fibras, vitamina A, vitaminas do complexo B e vitamina C. Combinada com o gengibre e suas propriedades antissépticas e termogênicas, a receita fica perfeita para combater o frio e até a gripe! E é muito fácil:

Ingredientes:

– 1 dente de alho

– ½ cebola branca média picada

– 1 colher de sopa de óleo de coco ou azeite

– 1 colher de chá bem cheia de gengibre ralado

– 500 ml de caldo de vegetais
(Você pode fazer na hora! Use: 500ml de água, meia cebola, um talo de salsão e meia cenoura)

– 1 beterraba grande, descascada e picada em pedaços médios

– 1 batata inglesa média, descascada e picada em pedaços médios (opcional)

– 1 colher de sopa de yogurte natural (opcional)

– sal a gosto.

– cebolinha verde picadinha para decorar

 

Como fazer:

– Em uma panela funda, coloque óleo de coco (ou azeite) e acrescente o dente de alho e a cebola picada. Deixe dourar e em seguida inclua o caldo de vegetais (ou a água e os vegetais indicados acima, inteiros). Quando o líquido começar a ferver, coloque a beterraba e a batata. Elas deverão amolecer entre 15 e 20 minutos. Desligue o fogo, acrescente o gengibre e bata com um mix ou no liquidificador até obter uma textura cremosa. Volte para a panela para reaquecê-la. Neste momento você coloca o sal (mas recomendo uma quantidade pequena para não brigar com o doce da beterraba) e pode acrescentar o iogurte (se optar por ele, mas não é obrigatório). Coloque em uma tigela ou sopeira, decore com a cebolinha picada e está pronta para servir!

 

Veja também essa receita de Gazpacho.

10
maio

O segredo dos temperos

Os temperos merecem um respeito enorme, pois além de sua existência secular, transformam a comida de uma maneira positiva, além de muitas vezes proporcionar saúde. 

Leia mais

5
abr

O primeiro passo dessa experiência gastronômica

Este é o texto de abertura do nosso blog e se você chegou até aqui, desde já merece nosso agradecimento. O projeto Wondercook está vivo e você já faz parte dele! Estamos muito felizes que esteja aqui. Ainda temos um mundo de coisas para melhorar, mas o site está aí, um sonho foi realizado e isso é muito especial para nós.

Como idealizadora do projeto, digo que é um alívio. É como uma porta cuja chave foi esculpida com cuidado por muitos meses e que finalmente colocamos na porta, que se abriu. Uau… do outro lado dela, está um mundo novo, cheio de opções saborosas, as quais finalmente temos acesso.

Quando a ideia surgiu, foi por que sempre gostei de cozinhar e à medida que ia evoluindo em minhas experiências gastronômicas, sentia falta de um lugar único na internet onde pudesse achar tudo que gosto: dicas, receitas, produtos criativos para usar na cozinha ou na mesa e outros que vão além dos utensílios. Um lugar que fosse simpático, com fotos lindas de pratos e ingredientes, ideias para preparar, decorar e receber. Até hoje, visitava mais de 20 sites para encontrar tudo isso.

Além disso, os sites de receitas, em sua maioria, não trazem as artimanhas do cozinheiro. A manteiga tem que ser em temperatura ambiente? Posso bater a clara junto com a gema? Afinal aqui só fala em colocar 2 ovos! Meu Deus, vai desandar… Quem gosta de cozinhar tem sempre muito a aprender e se aventurar não importa há quanto tempo cozinhe. Tem sempre uma nova possibilidade. Eu tenho vontade de conhecer todas. E você? Aqui vamos desvendar alguns segredinhos.

E quem não é muito de cozinhar mas gosta de comer, de conhecer as novidades dos chefs e modas da culinária atual? Tenho muitos amigos assim, que não cozinham, mas estão sempre me mandando novidades, links ou recomendando um restaurante ou um prato. “E quando você vai fazer de novo aquele risoto pra nós?” Adoro essa parte. Também tem espaço para vocês aqui, com livros, posters, camisetas e outras cositas.

Nosso blog também foi pensado para todos os gostos. Cada um dos nossos editores, possui uma especialidade diferente para compartilhar. Estarei sempre dividindo dicas e receitas testadas para vocês experimentarem. O Renato é “o cara” no que diz respeito a vinhos, cervejas e drinks, dá aulas sobre assunto na Associação Brasileira de Sommeliers (ABS-SP). A Paula é a nossa musa sem trigo que sabe tudo sobre o mundo glúten free e vai trazer isso pra gente. E a Débora é apaixonada por tecnologia e cozinha, estudou na The Cordon Bleu, enche a cozinha de “gadgets” funcionais e, claro que com essa ajudinha, ela cozinha super bem e vai trazer muita novidade. A toda essa gente talentosa eu agradeço muito por acreditarem e confiarem no projeto.

E ainda vamos ter muito mais. Com a sua ajuda, é claro. Sejam bem-vindos, espero que gostem e queremos sempre que nos ajudem a melhorar este lugar que também é seu. Não deixem de enviar comentários. Afinal aqui, estamos todos envolta da mesma mesa!